escreve sobre bibliotecas... reflexões | dicas | debates | notícias | histórias | + reflexões... os serviços web e as bibliotecas :: o leitor e o utilizador :: o bibliotecário e o webmaster :: as tic e os técnicos de biblioteca :: a interoperabilid
.posts recentes

. alguns dos meus últimos t...

. International Literacy Da...

. apenas uma conversa... fi...

. Conversas sobre o futuro ...

. Bibliotecas para a Vida

. EdubitsUA 09 - A Bibliote...

. M-Libraries: algumas reco...

. 10º Congresso da BAD... a...

. A construção da rede e a ...

. Em jeito de adenda de act...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
Manifesto do Open Access em vídeo
O movimento de "acesso livre" à literatura académica e científica em vídeo... a argumentação está lá, os factos também, o tom poderia ser menos de activista, mas parece-me que resulta!

>> Film by Romel Espinel and Josh Hadro, as a final project for Pratt SILS 697 Scholarly Communications
>> http://www.youtube.com/watch?v=SXBEYnWcnyE


Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008
Software livre na abertura do programa de formação da BAD para 2008
A primeira realização do programa de formação da BAD para 2008 será nos próximos dias 29 e 30 de Janeiro, sobre uma temática que merece ser mais divulgada e tratada nas bibliotecas e ciências da informação – Software livre! O facto de se realizar esta formação em contexto associativo e profissional parece-me positivo, no sentido em que pode levar a uma melhor compreensão deste fenómeno. No entanto, e tal como noutras áreas de maior vanguarda, fica sempre a ideia de que “andamos a reboque” dos desenvolvimentos protagonizados por outros, não nos assumimos como criadores e protagonistas da mudança. Quando devíamos estar a divulgar e aprofundar experiências nesta área (por exemplo o excelente relato que ouvi no último congresso de Judite Canha Fernandes do CIPA), ou dotar os profissionais da área com as competências técnicas para instalar, gerir aplicações, ou mesmo contribuir para o movimento internacional, concretamente nos open source de gestão documental e de bibliotecas (ver caso prático e apresentação (que me surpreendeu) do Instituto de Informática com o programa Koha), ainda estamos na fase da sensibilização... é melhor que nada!


Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008
Projectos e-learning nas bibliotecas de ensino superior
Uma entrada sobre e-learning e bibliotecas universitárias já se justifica há algum tempo. Primeiro, porque é um projecto pessoal que já tem uns anitos aqui a magicar na cabecinha do rato de biblioteca, segundo, porque se vão encontrando na web projectos interessantes nesta área temática que valerá a pena divugar (em próximos posts), e por último, porque esta minha visão pessoal saiu reforçada na formação tida na Universidade do Porto (a 24 de Outubro de 2007) sobre as “bibliotecas do ensino superior e o processo de Bolonha”.

Mas vamos por partes...


1) um projecto que faça a biblioteca marcar presença nos sistemas e-learning das universidades deve ser enquadrado em duas dimensões:


1ª dimensão – integração na oferta formativa das instituições
Conceptualiza-se na integração dos serviços de informação bibliográfica e de referência da biblioteca na plataforma de e-learning da universidade. Concretiza-se com a disponibilização de informação bibliográfica (recursos de informação) contextualizada em cada disciplina ou curso.


2ª dimensão – oferta formativa própria
As bibliotecas têm já hoje um papel na formação, mas devem reforça-lo e alarga-lo, participando na formação da comunidade académica, com a disponibilização de conteúdos de ensino à distância e módulos de formação e-learning. Estes módulos de formação, conceptualizam-se como serviço aos alunos e docentes na melhoria das suas qualificações de estudo, investigação, pesquisa bibliográfica, enfim, de literacia da informação, e concretizam-se com programas de formação simples e versáteis, disponibilizados em ambiente web, na mesma plataforma usada pelas diferentes disciplinas.


2) A integração da biblioteca nos sistemas de e-learning das instituições de ensino superior requer um trabalho em rede com as unidades de ensino e-learning, com os docentes das disciplinas e coordenadores dos cursos e com os responsáveis pelo apoio ou desenvolvimento das tecnologias de informação.


3) A dimensão de integração na oferta formativa das instituições deve ter como objectivo proporcionar os conteúdos e recursos de informação para a realização com sucesso das disciplinas e cursos. Devem disponibilizar-se recursos a diferentes níveis: recursos básicos da disciplina, recursos para trabalho prático, recursos para aprofundar o estudo, recursos integrados na profissão e recursos de abordagem global à área de saber dos cursos.


4) A Biblioteca deve disponibilizar um espaço na plataforma de e-learning com dois objectivos: complementar as sessões que faz presencialmente e desenvolver módulos de formação, ou pequenos cursos em ambiente e-learning, e deste modo simplifica os processos de aprendizagem de alunos e docentes, e alarga a área de intervenção da biblioteca (biblioteca “fora de horas” e “sem muros”). A ideia de pequenos cursos e-learning concebidos pelos serviços da biblioteca visa sobretudo facilitar a aprendizagem das ferramentas que a biblioteca disponibiliza, desenvolver nos alunos competências de trabalho e literacia, e apoiar os docentes na utilização de ferramentas que sejam facilitadores dos processos de investigação e actualização profissional.


Por último, que este post já vai longo, dizer da minha experiência pessoal nesta área. A biblioteca do ISCA-UA disponibilizou à pouco mais de 1 mês um espaço na plataforma de e-learning da Universidade de Aveiro, funcionando como “espaço de conteúdos que visa apoiar todos os utilizadores que beneficiam das sessões de formação e workshops promovidos pelos serviços da biblioteca”. Para já, tem apenas como utilizadores os alunos de mestrado e os docentes, e os conteúdos, que decorrem de duas sessões presenciais realizadas, são a disponibilização dos materiais usados nas sessões e outros de funcionam como complemento a essas sessões ou aprofundamento (continuar o trabalho iniciado nessas sessões), e devo dizer que me surpreendeu o grau de utilização elevadíssimo dos recursos disponibilizados.
Fico com a sensação de que, e por comparação com a utilização da página web ou do blog, a ideia de personalização da informação, adaptada aos diferentes tipos de utilizadores da plataforma, gera uma proximidade maior entre a biblioteca e o aluno e este, simultaneamente, atribui maior credibilidade à informação que a biblioteca produz.




Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008
Um olhar sobre as eleições na BAD
O ano começa com eleições na principal associação profissional na área das bibliotecas e ciências da informação (BAD). No próximo dia 16 será para os órgãos nacionais e hoje para a delegação regional Norte. Acabei com entusiasmo a leitura do programa eleitoral da única lista que apresentou candidatura aos órgãos regionais no Porto. A lista “reforçar e valorizar”, tremendamente feminina, apresenta um programa onde destaco o enfoque na comunicação, procurando formas simples, de baixo custo mas efectivas, e também o enfoque na cooperação e estabelecimento de parcerias, com instituições e ensino, para a área da formação, e com associações congéneres.
Para além da sempre necessária e difícil tarefa de representação e lobbie junto das instituições, estatais ou profissionais, que formatam as diferentes dimensões profissionais da nossa área, penso que a mais valia em nos associarmos enquanto profissionais, é gerar movimentos de partilha e actualização que contribuam para a acção pessoal ou em grupo. E quando percebo que são estas premissas que estão na base das equipas que se disponibilizam para estar nos órgãos directivos da BAD, reajo com entusiasmo e motivação para participar mais na vida da associação - mas este foi só o programa de candidatura à delegação norte.

Sempre olhei para a BAD como uma associação que faz um "certo" culto de uma "certa" elite profissional, e é uma associação com alguns problemas - escutei alguns nos corredores do último congresso (ou aqui no rato de biblioteca), mas só participando na acção associativa se pode tornar mais representativa e próxima das necessidades dos profissionais.



Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
biblio desejos...
No primeiro post de 2008 devem ficar registados os desejos de um grande ano para todos... um ano em que as bibliotecas possam:
.. marcar a vida de muitas crianças, promovendo o gosto pela leitura;
.. participar no desenvolvimento social das comunidades locais, promovendo o acesso à informação;
.. contribuir para uma cidadania mais activa, promovendo iniciativas culturais junto dos mais jovens;
.. dotar os estudantes de mais competências de literacia da informação, promovendo nas comunidades académicas iniciativas que vão de encontro às reais necessidades dos estudantes do ensino superior;
.. valorizar a experiência de vida dos mais velhos, promovendo a integração e participação destes na actividades das bibliotecas.
O Rato de Biblioteca continuará a valorizar este espaço como lugar de partilha e debate!



.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds