escreve sobre bibliotecas... reflexões | dicas | debates | notícias | histórias | + reflexões... os serviços web e as bibliotecas :: o leitor e o utilizador :: o bibliotecário e o webmaster :: as tic e os técnicos de biblioteca :: a interoperabilid
.posts recentes

. alguns dos meus últimos t...

. International Literacy Da...

. apenas uma conversa... fi...

. Conversas sobre o futuro ...

. Bibliotecas para a Vida

. EdubitsUA 09 - A Bibliote...

. M-Libraries: algumas reco...

. 10º Congresso da BAD... a...

. A construção da rede e a ...

. Em jeito de adenda de act...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

Quarta-feira, 9 de Junho de 2004
Sobre a interoperabilidade... uma realidade conceptual. E nas nossas bibliotecas?
A evolução tecnológica possibilita a integração de novos serviços nas bibliotecas e outros modos de funcionar. Maria Inês Cordeiro e Joaquim de Carvalho, no último nº dos Cadernos Bad, abordam a problemática "da integração dos sistemas à expansão dos serviços", lembrando que "(...)nos sistemas de gestão de bibliotecas, há mais de uma década que os serviços de interoperabilidade são uma realidade. Neste âmbito, as soluções mais comuns que se podem encontrar cobrem dois aspectos principias: por um lado, a pesquisa e recuperação de dados bibliográficos, através da implementação do protocolo Z39.50; por outro, a gestão de transacções envolvendo vários sistemas, como é o caso do protocolo ILL para gestão de empréstimos entre diferentes instituições ou o das soluções EDI para integração dos processos de aquisições das bibliotecas com os sistemas de livreiros fornecedores."
Seria interessante fazer um estudo sobre o estado da arte destes novos serviços baseados em protocolos e normas de recuperação e troca de informação bibliográfica. Perceber qual o nível de utilização nas bibliotecas portuguesas? Que mudanças trouxe às metodologias de trabalho nos serviços das bibliotecas? Representam, estas evoluções tecnologicas, reais mais valias para os serviços?


.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds