escreve sobre bibliotecas... reflexões | dicas | debates | notícias | histórias | + reflexões... os serviços web e as bibliotecas :: o leitor e o utilizador :: o bibliotecário e o webmaster :: as tic e os técnicos de biblioteca :: a interoperabilid
.posts recentes

. alguns dos meus últimos t...

. International Literacy Da...

. apenas uma conversa... fi...

. Conversas sobre o futuro ...

. Bibliotecas para a Vida

. EdubitsUA 09 - A Bibliote...

. M-Libraries: algumas reco...

. 10º Congresso da BAD... a...

. A construção da rede e a ...

. Em jeito de adenda de act...

.arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

Terça-feira, 22 de Agosto de 2006
Apelo dos bibliotecários libaneses
O estado de guerra no médio-oriente é permanente e o cessar-fogo entre as Forças de Defesa de Israel e o Hezbollah está ameaçado. Os anos de guerras infindáveis no Líbano destroem vidas inocentes e causam danos sociais profundos. Num país em guerra as bibliotecas sofrem com a destruição que as armas provocam. No Líbano já fecharam mais de 30 bibliotecas desde o início do conflito armado com Israel a 12 de Julho. Os bibliotecários libaneses tentam marcar a sua posição apelando aos congressistas que estão neste momento reunidos no congresso IFLA Seoul 2006.
«Liste des 30 bibliothèques fermées: Aabra, Aachqout, Aaramoun, Aayn Aata, Aayn Baal, Aaytat, Aaytit, Al-Abbassiya, Al-Qaa, Baadarane, Babliyé, Barja, Barr Elias, Beyrouth-Bachoura, Beyrouth-Rmeil, Bint Jbeil, Choueyfat, Haret Hreik-Michel Nabaa, Haret Hreik-Municipalité, Jbaa, Nabatiyeh, Nabi Osman, Qabb Elias, Saadnayel, Saida-Centre Maarouf Saad, Saida-Mosquée Osseiran, Saida-Municipalité, Tripoli-Rue Thaqafa, Tyr, Zawter Al-Charqiyya.»



2 comentários:
De Margarida a 1 de Setembro de 2006 às 12:16
Rato de Biblioteca,
Boa a iniciativa de divulgar a notícia do Manifesto com os links das informação oficial em várias línguas, sobre a situação dramática vivida pelos libaneses em geral, e em especial, pelas Bibliotecas e Bibliotecários/as.
Estranho que todos os leitores estejam distraídos, não tendo ocorrido um comentário sobre o assunto colocado no Blog: Apelo dos Bibliotecários libaneses. Porquê?


De Pedro Príncipe a 1 de Setembro de 2006 às 14:58
Agradeço o comentário.
As bibliotecas, infelizmente, vêm apenas engrossar a lista de "danos colaterais" que a guerra provoca.
Aqui os comentários a esta iniciativa escasseiam, mas pode encontrar ecos deste apelos nos espaços na internet, nomeadamente em blogs de profissionais da área de outros países.


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds